Review - Bangkok Love Story

5:05 PM Lorena Miyuki 1 Comentários

Diretor: Poj Arnon
Gênero: Drama/Romance/Ação
Idioma: tailandes
Sinopse: a história de um homem condenado à morte que se apaixona pelo seu assassino e tem que lidar com várias situações do destino para construir esse amor.




Bom. Esse filme é polêmico.

A história é bem construída, mas há "gaps" muito sensíveis no meio da trama. Algumas coisas são deixadas sem explicação e outras você mesmo fica se perguntando "mas como diabos isso aconteceu??"

A review contém SPOILERS.


Primeiramente, duvido muito como a história dos dois protagonistas foi apresentada. Não há como Iht, o cara fadado a morrer, ter se apaixonado por Maek, o "assassino de aluguel", "sem mais nem menos". Não há uma explicação plausível, sincearmente. Porque, se fosse com o passar do tempo, até tudo bem, mas Iht se mostra "apaixonado" desde a primeira vez que eles se viram!

Segundo, a história da família do Maek é um ponto positivo ao filme. Mas não tanto, pois o irmão dele, Mhok, acaba confundindo o expectador do meio ao final da trama com a mudança de "personalidade" repentina.

Terceiro, a questão das armas e das "gangues". O filme se passa na Tailândia de 2006/2007. Será mesmo possível que 90% da população tenha armas de fogo e saiba usá-las??

Quarto, a mulher de Iht. A relação dos dois é bem estranha desde o começo. Que esposa, que diz amar o marido, não se desesperaria com ele desaparecido?? Ou choraria ao vê-lo voltar, sei lá. São questões muito sutis pra mim e que não foram demonstradas hora nenhuma no filme. E nem o pai do Iht se mostrou preocupado com o desaparecimento dele, não mandaram a polícia procurá-lo, na-da.

Pra mim é um pouquinho perturbador ver esses filmes e não tentar encaixá-los na realidade, sabe? Por isso fico com o pé atrás com "Bangkok Love Story".

A cena de Maek e Iht no telhado do lugar onde ele mora, na chuva, é ótima. Assim como a dos dois se encontrando através do vidro, depois, quando se separam pela primeira vez. Sem dúvida que algumas cenas dos dois são de cortar o coração; ou fazê-lo pular, como queira. Mas acabam rapidinho.

Outra coisa, alguém mais achou que a história do Iht ficar cego não colou? Pois é.

Tirando essas pequenas questões, a trilha do filme é linda e ele retrata bem o suficiente os caminhos tortuosos de Bangkok.

Não digo que não gostei definitivamente, mesmo porque já sabia que não seria aquela maravilha pela falta de razões com nexo para os acontecimentos no filme. Mas deixou a desejar. Eu veria novamente só pra prestar atenção nos detalhes, ver se meu julgamento não foi realmente equivocado.

A propósito, prepare-se para passar raiva, muita raiva, no final.

Um comentário:

  1. Nossa, que tenso.
    Se bem que filmes yaois terem esses gaps terríveis é quase uma regra. q
    Meu amigo assistiu esse filme e disse que é estranho demais. Com certeza, em razão das incoerências, já que ele é homo e não teria preconceito lol
    Sua última linha me deu medo... ODEIO quando o fim me irrita! Saio xingando o mundo inteiro xD
    Estou pensando seriamente em NÃO assistir esse filme xD
    Ótimo blog *-*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...