A (Nova) Fantástica Literatura Queer

3:50 PM Lorena Miyuki 1 Comentários

Meus preciosos bottons da Lavanderia
Olá, terráqueos!

Durante esse último fim de semana foram anunciados os dois novos livros da coletânea que reúne escritos fantásticos e, bom, gays, da Tarja Editorial.

Pra quem nunca ouviu falar, a coletânea foi nomeada de A Fantástica Literatura Queer e teve início no ano passado com a publicação de dois volumes: o laranja e o vermelho. A publicação contou com, primeiramente, uma seleção rigorosa de textos enviados através de um concurso. Pra quem quiser uma explicação maior, leiam o texto sobre as primeiras publicações.

Os dois primeiros volumes podem ser comprados pelo próprio site da Tarja e diversas outras livrarias, é só dar uma pesquisadinha básica.


Esse ano descobrimos que a intenção da editora era um pouquinho maior: as publicações seguirão por cores em sequencia até formarem as seis que compoem o arco-íris, o simbolo e estampa da bandeira dos movimentos LGBT. Com dois volumes lançados, abriram as inscrições para a criação de mais dois: os volumes amarelo e verde.

No decorrer dos meses ficamos na expectativa. Bom, pelo menos eu fiquei, já que participei de ambas as seleções. Pois bem, o resultado finalmente foi revelado aqui e na página do facebook da própria coletânea e da Tarja. Segue o release divulgado na íntegra:


A 2ª chamada para submissão de contos d’A Fantástica Literatura Queer contou com 68 inscrições e 14 selecionados, dentre estes, 12 autores do Brasil e 2 de Portugal.
Neste ano, a Tarja Editorial decidiu publicar dois volumes da coletânea separadamente. O volume amarelo será lançado no dia 16 de junho de 2012 na Casa das Rosas. E o volume verde virá no segundo semestre, em data a ser estipulada, provavelmente em outubro.

Confira a lista de contos selecionados para o…
VOLUME AMARELO
Este Labirinto – Astásia
Palestra – Antonio Luiz MC Costa
Quatro Bilhetes para a Terra – Carlos Silva
BIAS – Demian Machado Walendorff
O Carro de Guerra do Herói – Sarah Helena
Duas Gotas de Sangue e um Corpo para a Eternidade – Carina Portugal
A Legião das Almas Perdidas – Gutemberg Fernandes
VOLUME VERDE
O Príncipe dos Rios – Lucas Zavagli
Ema Villari – Fernando Salvaterra
Morte na Linha Vermelha – Celeste Baumann
Chuva Ácida – Lorena de Carvalho Oliveira
Clausura – Mauricio Lopes Junior
Sai do Banheiro – Amanda Marchioreto
Companheiros de Armas – Osíris Reis

Agradecemos a todos os autores que nos mandaram seus contos, divulgadores e agitadores do projeto. O lançamento do volume amarelo está quase aí e em breve teremos mais novidades!


Então, SIM! A digníssima *cof cof* que vos escreve teve o conto selecionado para publicação no segundo volume (quarto, na verdade)! O livro será lançado somente no segundo semestre, então ainda dá tempo de juntar moedinha pra comprar, viu?

Estou feliz, muito feliz, agradecida e tudo, mas devo dizer que nada disso seria possível sem a Lavanderia.

Ah, a Lavanderia! A Lavanderia! Nosso espaço sagrado de todos os dias. Já conhece?
Digo que não seria possível mesmo porque, afinal, esse conto que será publicado aí saiu de lá. Sim, de um desafio proposto na Lavanderia. Foi criado inteiramente por lá, ficou um tempo no ar por lá também (retirei por questão de direitos de publicação)  e agora vai pras páginas de um livro.

O desafio foi o de número três e pode ser visto aqui. O conto, originalmente chamado de "Acidrain", assim como o desafio, foi levemente modificado para a publicação, mas sua essência permanece a mesma. No meu livejournal de moderação/postagem, podemos ver o post publicado em 13 de Agosto de 2008 sobre o conto.

Eu não sou a primeira participante da Lavanderia a ter um conto publicado nessa coletânea. Na primeira seleção, mais especificamente no volume laranja, a Kyran teve também um pedacinho da Lavanderia levado para as folhas de papel. À ela, também, devo agradecer muitíssimo pelo apoio, ajuda e pela mente criadora dos desafios da comunidade que me levaram a escrever esse conto  

Ou seja, e enfim, a Lavanderia é a nossa fábrica de escritores, nosso cantinho pra brincar, descobrir e revolucionar (?). Tenho o maior orgulho desse pedacinho que ajudei a erguer e convido todo mundo a sempre dar uma olhadinha por lá, a comentar e a postar também! De lá ainda veremos muita coisa boa. E preparem-se porque no fim do ano também teremos uma publicação só da Lavanderia se tudo correr como o esperado.

De toda forma, parabéns aos selecionados pela Tarja! Tenho certeza de que foi um trabalho muito bem feito e contribuirá ainda mais para a expansão do mercado nacional de publicações. Esse gênero, com toda certeza, merece mais respeito e espaço no Brasil.

Um comentário:

  1. Gente, que digno! Meus parabéns, Lorena! Eu li esse seu conto há um tempo e fiquei completamente preso à ele, gostei muito. Espero que você ainda tenha muitos textos publicados :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...