Top Ten Tuesday: Os dez melhores livros que eu li em 2012

9:33 AM Lorena Miyuki 0 Comentários

Olá, frequentadores (nem um tanto assíduos, mas não reclamo!).
Último post do ano antes do fim do mundo.
Venho por isso trazer uma seleção dos dez melhores livros que li em 2012. Não li muitos, é verdade, mas consegui ler todos da minha lista e finalizá-los antes mesmo de dezembro chegar. Minha meta foi batida, mas para 2013 se ele vier quero uma meta ainda maior :)


O Top Ten Tuesday é um meme literário iniciado pelo blog The Broke and The Bookish e que é postado, adivinhem, toda terça-feira. Sempre quis fazê-lo, mas sempre perco a terça da postagem. Hoje vai!

Então vamos lá. A lista não é em ordem de importância porque acho que não consigo classificá-los assim. São só os 10 melhores de 2012 e não necessariamente o 10º é o último, se é que entendem.

10) O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Brontë
Clássico é clássico. Demorei eras pra lê-lo e pra terminá-lo por raiva que eu ficava da Catherine, mas é um livro que vale a pena ser lido e relido diversas vezes.

9) A Guardiã da Meia-Noite, Sarah Jane Stratford 
Um livro sobre vampiros diferentes e interessantes que mistura a história da 2ª Guerra com a das criaturas milenares. Pra quem está procurando coisas novas e diferentes, vale a pena.

8) O Mar de Monstros, Rick Riordan
Segundo da série de Percy Jackson, pra mim um dos melhores. Foi com ele que mergulhei - quase que literalmente - nas aventuras do Percy.

7) A Hora mais Sombria, Meg Cabot
O quarto livro da série A Mediadora é de longe o melhor deles, o mais bem escrito e o com a história mais redonda e melhor desenvolvida. Entra pra listinha.

6) Rei Arthur, Allan Massie
Pra quem gosta das histórias do ciclo arturiano, da Távola e da busca do Graal é leitura indispensável. É um livro nu e cru - quase que literalmente, mas agrada justamente por contar a história de um ângulo menos romantizado.

5) Totally Joe, James Howe (sem tradução para o português)
Resenha aqui, é muito bonitinho pra ficar de fora e não podia deixar de mencionar nenhum livro gay na lista, claro.

4) A Música que Mudou a Minha Vida, Robin Benway
Pra compor a lista, um dos meus livros de referência para escrever uma história baseada em bandas/músicas e etc. Não é aquela perfeição, mas é divertido e isso basta.

3) Herança, Christopher Paolini
O último livro do Ciclo da Herança encerra as aventuras de Saphira e Eragon. Não preciso dar mais explicações, preciso? Paolini merece respeito pelo bom trabalho.

2) Anna e o Beijo Francês, Stephenie Perkins
Um amooooooooor de livro! Me apaixonei sem querer ainda mais pelo St.Clair e quase que instantaneamente. Ainda mais porque me interessei por como o livro foi escrito e cai de amores pela autora. Estou chorando pra conseguir comprar Lola (o segundo da "série" que não é série) ainda esse ano, aliás.

1) Caçadores de Bruxa; Dragões de Éter Vol. 1, Raphael Dracoon.
Como contei nessa resenha aqui, o livro aqueceu meu coraçãozinho para a literatura nacional novamente. As sequências são magníficas também, mas nada como o primeiro da série para figurar essa lista!

Pra desejar um bom Natal pra vocês, deixo minha contribuição anual: um conto de Natal.
Foi feito em resposta à uma cartinha da Lavanderia no seu desafio número #10: Laundry Letters.

Título: O Espaço Entre Meus Dedos
Autor: Lorena Miyuki
Nome do desafio: Laundry Letters
Palavras: 3.355
Status: Completa
Gênero: lime, yaoi, flangst
Classificação: 17+

Sinopse:
"Maldito seja o indivíduo que algum dia disse que se apaixonar é uma droga – em todos os sentidos da palavra, sabe."


Nota do Autor:
BGM: Vanilla Twilight, Owl City.
Título descaradamente copiado dela também, aliás.
BGM²: The Origin of Love, Mika.




Feliz Natal!


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...