Dicas - Como Ler um Livro

12:00 PM Lorena Miyuki 3 Comentários


Houve uma época em que, com a chegada dos e-readers, as pessoas se descabelavam com a ideia do fim do livro físico. Vou confessar que nunca fui fã de ler em frente à telas, principalmente porque não tenho um e-reader e ler no PC era muito cansativo... Até que comprei um iPad no início do ano e mudei totalmente de conceito!


Mas sabem qual a minha ideia de e-reader? Praticidade e rapidez. Só isso. Nada me tira o prazer de abrir um livro, de ir na livraria, foleá-lo, de passar a mão nas páginas, carregá-lo na bolsa pra cima e pra baixo... Enfim. São coisas totalmente diferentes. Mas o iPad me proporciona a rapidez de comprar um livro na Amazon, por exemplo, e tê-lo ali no (aplicativo do) Kindle um minuto depois. Principalmente se esse livro não foi lançado por aqui e eu quero lê-lo e comprar a versão física vai demorar pelo menos uns 2 ou 3 meses para chegar nas minhas mãos. Foi isso que fiz com os três últimos livros que li, que foram Fangirl, Eleanor & Park e Vampire Academy. Tudo bem, os dois últimos tem em português, mas a preços exorbitantes que eu não estava disposta a pagar. Não por agora, e principalmente não no exato momento em que eu queria lê-los - estava louca por Fangirl desde o lançamento, mas o dólar não colabora e hardcover à 20 Obamas não tá barato, não.

Então comprei a versão digital e não me arrependi. Fora que eu posso ler no escuro,d e madrugada, sem incomodar ninguém, o que pra mim é MUITA coisa que se considerar.

Lógico que o iPad não é só pra isso, mas foi uma mão na roda nesse sentido.

E o objetivo do post não é falar exatamente das minhas experiências, mas mostrar que muita gente aproveitou essa ideia pra criar algumas coisas bem legais de se replicar. Como essa imagem:

E essa, que circulou no facebook há pouco tempo:



E curtas, por exemplo, que falam do universo livro físico VERSUS livro digital. Sou capaz até de escrever contos sobre o tema, mas vou deixar isso pra depois.


Um dos curtas que eu adoro é esse aqui, chamado "How to Read a Book", que foi um projeto de faculdade de uma garota mostrando ao mundo como ler um livro físico - um mundo em que pessoas são movidas por tablets e smartphones, diga-se de passagem.

É um vídeo conceito, feito com ironia e humor. Não é pra ser real, ok? Então comentários do tipo devem ser guardados bem no fundo da alma de vocês, por favor. Está em inglês e sem legendas (eu acho).


O segundo curta foi feita pela Editora Intrínseca há mais de um ano, mas que continua sendo atual. Achei bem bonitinho, tá? Apesar de ser uma ação de marketing, caiu nas graças do público em geral (oi).


Eu ainda quero comprar um e-reader de verdade. Um Kindle ou um Kobo, mas não por agora. O iPad tem me sido muito útil nesse quesito e felizmente vai continuar sendo por um bom tempo.

E há uma coisa a se dizer: não há preferência aqui. Eu vejo livros físicos e e-books como coisas diferentes, propósitos diferentes até. Ninguém tem que vencer nessa "luta". O único problema, pra mim, é que agora estou gastando trilhões de vezes mais com literatura do que eu deveria. Ficou muito mais fácil, afinal.

Meus e-books, para quem quiser comprar e ler:

Anistia, exclusivo na Amazon


Primarius, no Clube de Autores


Corações de Magia, no Clube de Autores


3 comentários:

  1. Eu acho essa coisa de ebook extremamente conveniente, bem feita até, mas não é pra mim, não me prende. lol Lembro que uns anos atrás ganhei um tablet da Samsung (sim, na época em que lançou aquele Galaxy, e que já é tão ultrapassado que o Android nem atualiza mais e nem é compatível com a maioria dos aplicativos lol), daí baixei uma caralhada de livros gratuitos em um site americano aí (ainda mais contos de fadas, porque meu amor não desiste.), mas... Pff. Quem disse que li? Entre esses livros, lembro de ter pegado um que eu queria muito, do Voltaire - Dicionário Filosófico -, e dei uma passada nas páginas... Mas não me prendia. É incrível, não me prende mesmo. Daí fui num sebo e comprei dois Dicionário Filosófico (lol) e tô sempre olhando e relendo o que me convém.

    O que é muitíssimo engraçado, ne? Porque eu leio todas as coisas que postam na lavanderia, sempre. E até antes de eu cair de cabeça nos livros eu só lia fics. Só que fui perdendo o saco, e hoje em dia é só e só na lavanderia. lol Só que eu fico muito mais desatento lendo no pc, indo e voltando... Mas ao mesmo tempo não tenho nem e-reader, e encostei meu tablet, e no meu celular é muito pequenininho. Mesmo assim, eu sempre baixo todos os pdfs quando você os posta, e tem um aplicativo do Windows 8 aqui no notebook que deixa o fundo escuro e tudo, até fica mais confortável. <3

    Então eu sou indiferente com essa coisas de livro físico x ebook. Eu gosto de colecionar livros, cheirar, apalpar, ficar tocando as páginas, admirando as diagramções, abraçar (sim, eu abraço), etc. Além de eu realmente me concentrar mais com um papel. Mas depende de cada um.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Seu blog é uma delícia de ler! Amei o post. Nunca consegui ler um e-book, mas já tentei xD
    Prefiro livro físico mesmo.
    Os vídeos são excelentes! O da Intrínseca me fez rir o tempo todo, excelente! :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Lorena, amei seu blog. Amei ainda mais seu ponto de vista sobre ebook. Como você disse, não há realmente uma briga aqui. Muito pelo contrário, estou lendo muito mais di que lia antes.

    Aproveitando, Eterna: o som do amor está na Amazon.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...