Novidade - Lançamento de "Loveless"

12:20 PM Lorena Miyuki 0 Comentários


A Editora NewPop anunciou essa semana que lançará por aqui o clássico (posso chamar de clássico) manga shounen-ai/yaoi "Loveless". Acho que a notícia pegou todo mundo de surpresa, mas de uma maneira boa!


Pra quem não conhece, esse ano, agora em maio, Loveless completa doze anos de existência. Isso mesmo, doze anos, já que o primeiro volume foi lançado em 2002. O manga foi classificado como "josei' oficialmente - ou seja, voltada para o público feminino adulto, e cuja classificação eu acredito que vá ficar entre os 16+ ou 18+ por aqui. Não o considero um típico josei, na verdade eu não o classificaria assim, mas deixemos essa questão de lado. Até agora foram 12 volumes, praticamente um por ano! - o último tendo sido lançado no fim do ano passado e a autora tendo revelado que o fim da série chegará no volume 15.

A história se baseia na vida de Aoyagi Ritsuka, um garoto que sofre com perda de memória desde que seu irmão mais velho, Seimei, foi assassinado. Ele utiliza uma câmera fotográfica para "gravar" os momentos de sua vida, temendo que se esqueça novamente deles. Ritsuka é sombrio e sozinho, em todos os sentidos da palavra. Ele sofre com diversas perturbações e se vê ainda mais confuso com a chegada de um estranho que se diz "amigo" de Seimei e lhe revela que seu verdadeiro nome é Loveless e que ele é um sacrifício. Esse estranho é Agatsuma Soubi, um lutador que, de acordo com ele, a pedido de Seimei, veio para proteger Ritsuka e finalmente tirá-lo da escuridão, lhe revelando o mundo sobrenatural onde ocorrem batalhas de duplas (sacrifícios e lutadores) que utilizam o poder das palavras como "feitiços". As batalhas em si não são físicas, mas sim emocionais, morais, e devem ser feitas com duplas que possuem o mesmo "nome" (aqui, uma palavra que liga os dois lutadores) - coisa que Soubi e Ritsuka não tem e, logo, não são aceitos como combatentes legítimos. Através dessas batalhas e seu envolvimento com Soubi, Ritsuka está disposto a descobrir os mistérios por trás da morte do irmão.

O mangá teve uma adaptação para a TV de 12 episódios, lançada em 2005, que é uma espécie de "prelúdio" para os conflitos e detalhes que são abordados na história. A adaptação não costuma agradar a muita gente, já que o modo como a história é revelada não é linear. É confusa, repleta de elementos estranhos e sem explicação (no anime). Mas Loveless é um exemplo de manga fantástico carregado de dramas psicológicos, violência e mistérios. Há diversas nuances interessantes - como, por exemplo, a diferença entre os "adultos", os sem orelhas de gato, e as crianças, a questão da máquina fotográfica como  responsável por "congelar" momentos, os colegas de classe de Ritsuka, as duplas de sacrifícios e lutadores e as lutas - e o próprio jogo de palavras utilizado a todo instante.

Enfim. Loveless sempre foi um dos meus mangás/animes favoritos, é meu xodó mesmo e estou contentíssima que será lançado aqui! Soubi! Espero que a tradução seja fiel e que não pensem em traduzir os nomes dos sacrifícios/lutadores, já que o título do manga continuará o mesmo (Loveless). Notas de rodapé, para que não entende inglês, devem ser suficientes aqui, viu NewPop?!

Aguardaremos e pra quem quiser dar uma espiada, vejam o anime. A trilha sonora é maravilhosa.




0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...