Review - Lucky Blue

6:21 PM Lorena Miyuki 0 Comentários

Ficha básica:
Diretor: HÅkon Liu
Gêmero: Drama/Romance
Idioma: Sueco
Sinopse: A vida pacata de Olle – garoto tímido e responsável – numa cidade pequena da Suécia deixa de ser a mesma quando seu pai, um cantor popular, apresenta seu sobrinho Kevin que o acompanha nas turnês daquelas férias de verão. E então, em pouquíssimo tempo Olle vai crescendo descobrindo como expressar o seu amor, à sua maneira. Curta-metragem.



É um curta muito bem feito. Deve ter uns 25 minutos, no máximo, e não deixa nenhum gap na história.

É muito, mas muito delicado. É difícil acreditar em gente que ainda vê relacionamentos dessa maneira, e talvez por isso mesmo te deixa com aquele calorzinho no peito e um suspiro no final. A história é meio besta, às vezes meio disconexa e o personagem de Kevin parece ter um certo ataque de bipolaridade às vezes – ou talvez seja só a adolescência mesmo, vai saber.

O fato é que Lucky Blue é recomendadíssimo. Me surpreendi. E tem lições tão implícitas que talvez você precisará ver duas vezes para entender por completo o que o diretor quis dizer com a cena/fala.

Alias, Lucky Blue é o nome do passarinho e o filme é boys love, mas não tem nada pesado. Pelo contrário. É tão delicado que chega a ser…er, meloso, talvez.

Fofo. E é o primeiro filme sueco que eu vejo.

Escrito em 04-01-2010.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...