Review - The Elephant of Surprise

12:19 PM Lorena Miyuki 5 Comentários

Título: The Elephant of Surprise
Autor: Brent Hartinger
Idioma: Inglês
Primeira publicação: 2013

Sinopse: No quarto e último volume da série The Russel Middlebrook Series, continuamos explorando a vida conturbada de Russel, seus amigos Min e Gunnar, agora numa nova aventura: o "freeganismo". Os garotos descobrem uma comunidade cheia de novas oportunidades e, com elas, as surpresas, que podem ser devastadoras e excitantes ao mesmo tempo.





Como dito na sinopse, esse é o último livro da série young adult do Brent. Ele está atualmente trabalhando numa série new adult, que continua tendo o Russel como personagem principal, mas com detalhes mais "picantes", digamos, e com o foco em outro público.

Já fiz a resenha de todos os outros livros e o conto extra da série:

The Russel Middlebrook Series:
"The Order of the Poison Oak", resenha aqui.
"Double Feature", resenha aqui.
"Two Thousand Pounds Per Square Inch", conto spin-off da série que falei sobre aqui.
E a nova série Russel "Middlebrook: The Futon Years", eu comentei sobre aqui.

Vamos à resenha!

Acho que esse último livro é o único que se inicia claramente já resgatando as tramas apresentadas nos outros livros. Primeiro, temos a volta verdadeira de Kevin Land, o primeiro "namorado" (bota  mais aspas aqui, por favor) de Russel e o fato de que este não consegue esquecê-lo, apesar de estar se esforçando muito pra isso. Tanto que o primeiro cara que ele conhece fora desse seu "círculo social" se torna seu mais novo "alvo". Seu nome é Wade e ele faz parte de um grupo de ativistas que participam do movimento chamado "freeganism" - não se exatamente se existe uma equivalência em português, acredito que não, mas é basicamente uma comunidade cuja meta é não utilizar nada que seja industrializado e/ou produzido para ser descartador. Eles se alimentam de sobras, são adeptos do vegetarianismo, da reciclagem, compartilham roupas, sapatos e moram em acampamentos e/ou casas abandonadas. É um estilo de vida completamente diferente do que Russel e todo mundo está acostumado a ver, então ele e Gunnar são atraídos pela curiosidade, conhecendo vários amigos de Wade pelo caminho.

Enquanto isso, Min, cujo lado da história nós conhecemos no Double Feature, está tendo problemas com sua namorada Leah. Além disso, Gunnar está numa fase de "documentar tudo o que vê" e está meio obcecado com seu canal no YouTube, o que acaba gerando alguns conflitos entre ele e os outros, fazendo Russel se aproximar das pessoas que ele menos conhece: os ativistas. Estes, por sua vez, possuem muitos segredos e Wade é o mistério em pessoa, inclusive não deixando claro se ele está interessado em Russel ou não.

O nome, "The Elephant of Surprise", é uma metáfora para a expressão "o elemento surpresa" ("the element of surprise, no original em inglês), que é aquele detalhe que a vida sempre nos coloca para tornar nos eventos menos previsíveis, preenchendo ou não as nossas expectativas. Dessa forma, as coisas normalmente acontecem exatamente ao contrário do que a gente espera. E não é verdade? Quantos planejamentos saíram totalmente da rota? Quantas frustrações, ou surpresas, já não tivemos por conta desse elemento surpresa? E surpresa é a palavra-chave para esse último volume da série.

Digamos que todos os outros livros tem um elemento surpresa sim, aquele plottwist no final e tal, mas nesse último volume a surpresa é que move toda a trama. Quando a gente pensa que é uma coisa, é exatamente outra! E a forma como o Brent manteve (e revelou) certos detalhes durante o enredo foi muito bem executada!

Eu achei que foi um desfecho perfeito para a série toda - e o livro deve ser visto como o último da série, não como um "volume único", sabe? Porque aí sim faz todo o sentido. Todas as tramas são amarradas, mesmo e principalmente aquelas pontas soltas no primeiro volume, o Geography Club. O final deixa aquele gostinho de quero mais delicado e emocionante! Mas o enredo faz muito jus ao título que, como Russel mesmo explica, o elefante realmente aparece quando você menos espera - e quando ele "acidentalmente" pisa em você, realmente machuca.

Essa série é uma das que eu mais gosto. Brent é um dos meus autores queers mais amados e não cansaria de relê-la sempre que possível e mal posso esperar pra continuar sabendo da vida do Russel, no Futon Years, que promete ser muito mais emocionante.

5 comentários:

  1. Oii, estou pensando em fazer a tradução do "the order of the poison oak", porém vai demorar um pouco, gostaria de saber se depois de traduzir, Vc poderia publicar aqui para aqueles q buscam o livro em português, caso possa, eu ficaria muito feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Não entendi muito bem, você vai fazer a tradução do segundo volume da série? Sem o primeiro? E essa tradução seria com o aval do autor?
      Desculpe, mas quando se trata de literatura, não incentivo a reprodução do conteúdo sem o conhecido/liberação do autor :/ Além disso, creio que o Brent e NÓS, leitores, possamos ganhar muito mais com a tradução caso ela seja feita por uma mídia especializada e que possa contribuir para sua produção artística e distribuição no país (em outras palavras: uma editora).
      Afinal, se queremos ler livros dessa temática em português, não é pirateando que vamos conseguir fazê-los chegar nas livrarias ;)

      Excluir
    2. Sim, mas realmente creio que nenhuma editora vai se interessar. Mas enfim, obrigado, gosto muito do seu trabalho aqui no blog.

      Excluir
  2. Olá Lorena, gostaria de saber se você tem alguma noticia sobre o segundo filme do Geography Club ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho, Cainan!
      Sinceramente, não acredito que ele vá existir (a arrecadação do 1º foi bem baixa ;/ )

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...