Review - Geography Club (filme)

De uns tempos pra cá tenho percebido uma verdadeira ONDA de gente procurando saber mais sobre Geography Club. Todos os dias ando recebendo ~centenas~ de visitas e todas procurando saber sobre a serie de livros, sobre o filme, se eu vi, se ficou parecido, se... Então vamos acabar com o mistério.

Eu vi a adaptação de Geography Club para o cinema. E aqui está o que eu achei.



Diretor: Gary Entin
Idioma: inglês
Gênero: comédia romântica coming-of-age

Sinopse: Baseado no livro de Brent Hartinger, Geography Club é uma história inteligente, rápida e engraçada sobre o cotidiano de adolescentes que descobrem suas identidades sexuais, sonhos e valores de forma própria. Russel tem 16 anos e ainda sai com garotas enquanto tem uma relação secreta com o melhor jogador de futebol da cidade, Kevin Land, que vai fazer de tudo para que ninguém saiba desse segredo.


Pra quem ainda não leu a minha resenha do livro, veja um resuminho da série:

The Russel Middlebrook Series:
"Geography Club", resenha DO LIVRO aqui.
"The Order of the Poison Oak", resenha aqui.
"Double Feature", resenha aqui.
"Two Thousand Pounds Per Square Inch", conto spin-off da série que falei sobre aqui.
"The Elephant of Surprise", resenha do quarto livro aqui!
Saiba mais sobre a nova série Russel "Middlebrook: The Futon Years", que eu comentei sobre aqui.

A história é basicamente a mesma do livro: um grupo de adolescentes com conflitos típicos da idade resolve criar um grupo "secreto" para discutirem sua sexualidade sem chamar a atenção de ninguém. Então eles criam o "Clube de Geografia" pensando que ninguém se interessaria em entrar e eles seriam os únicos a saber que de geografia eles discutem é absolutamente nada.

Não vou entrar no quesito "qual é melhor", mas não posso deixar de falar que a adaptação ficou bem comercial e, bem, digamos... aceitável. Primeiras impressões: Russel não me pareceu o Russel. Tive dificuldades em enxergá-lo no ator, sabe? Só lá pro meio do filme é que me adaptei e a mesma coisa aconteceu com o Gunnar. A empatia não aconteceu, o que é um ponto negativo para a película (e pra quem leu o livro).

E aí está outra decepção: na minha resenha do livro, disse que o personagem que mais me cativou foi justamente o Gunnar. E no filme ele é simplesmente..... ele não é o Gunnar. Quero dizer, é o mesmo personagem, mas não é, porque a história do Gunnar é diferente. No livro Gunnar é da Noruega e conhece Russel na escola há uns quatro anos, é esperto/inteligente e anda com a Min mais que com Russel. No filme, Gunnar é um típico garoto americano, meio bobo e ele e Russel são amigos desde criança, além dele não conhecer a Min nem falar com ela. Esses simples fatos tiveram influência na adaptação toda, envolvendo todos os personagens. O Gunnar do filme é até meio arrogante, age impulsivamente e eleva a voz a todo instante! A briga que ele e Russel tem no filme é muito diferente da que eles têm no livro, pelo menos a meu ver, quando discutem que querem sair com as garotas e ele pede que Russ o ajude, indo com ele para fazer companhia.

Isso estragou muito do filme pra mim. Fora que a Min foi totalmente deixada de lado! Ela, toda espertinha e cheia de frases de efeito, ficou como a coadjuvante nerd. O relacionamento dela com a Terese? Puff! Uma coisa estranha, já que a Terese também não é a Terese do livro. A criação do Clube de Geografia? Não existe. O Clube já está lá antes do Russel e ele só "aparece" dentro dele porque a Min o convida. O relacionamento dele com o Kevin? Pouquíssimo explorado! É bem natural e tal, mas a maior parte da vida do Russ se concentra no Kevin, e no filme parece que ele é só um ínfimo pedacinho dela, com o Gunnar preenchendo a maior parte falando de garotas. Nem o Clube é muito visto!

Enfim. Acho que já deu pra perceber que não gostei muito da adaptação, né? Não é um filme ruim, pelo contrário. Foi aclamado por mostrar uma "realidade homossexual normal" (não me perguntem o que isso quer dizer, por favor) e é bem sessão-da-tarde, eu acho. É um filme mais voltado para pré-adolescentes, bem curtinho e com pouco desenvolvimento em questões de trama, linguagem, complexidade. Quem não leu o livro provavelmente irá gostar. Quem gostou do livro provavelmente deve ter odiado, mas eu fico mais na neutralidade. Não vejo como uma adaptação do livro exatamente, mas da história que o livro levanta. Dá pra entender? Prefiro ver os dois como coisas separadas, o livro e o filme, por isso disse que não dá pra ficar comparando "qual é o melhor".

Pra quem leu o livro e viu (ou quer ver) o filme, aqui vai uma listinha das coisas que são diferentes nos dois, pra ninguém ficar desavisado. ATENÇÃO, CONTÉM SPOILERS, então não leia se não quiser estragar a diversão (ou se não tiver lido o livro, enfim). A lista não é minha, surrupiei da wikipedia e traduzi, somente!


  • No livro, Russel passa somente umas páginas questionando sua sexualidade e já se assumi totalmente gay. No filme, ele passa o tempo todo dizendo que não sabe o que é.
  • A novela começa com Russel na escola. O filme, com a turma numa excursão escolar. Não existe essa excursão no livro.
  • Diferenças entre personagens: Gunnar (já falei sobre ele ali em cima), Min (no livro ela é feminina, falante e usa maquiagem. No filme ela é vista como nerd e isolada), Terese (no livro ela joga futebol, é loira e popular. No filme ela é meio gótica, gordinha e morena), Ike (no livro ele é alto, robusto, usa bandanas na cabeça e gosta de andar com o pessoal politizado. No filme ele é o personagem mais "feminino", que sempre fala o que pensa e que não sabe se é 100% gay),
  • Russel, Gunnar e Min são melhores amigos no livro todo. No filme, só os dois primeiros se conhecem e Min só conversa com Russel depois de saber sobre ele e Kevin, na excursão.
  • No livro, o primeiro encontro de Russel e Kevin acontece num parque, à noite. No filme, eles marcam no parque à tarde e Kevin vê que é Russel que está lá, fala com ele, mas "se esconde" e os dois só voltam a se falar na excursão.
  • No livro, Russel, Kevin, Min, Terese e Ike vão comer pizza juntos e aí é que tem a ideia de montar o Clube de Geografia. No filme, Kevin nunca fala com Min ou ninguém que não seja Russel, e o Clube já existe antes deles todos.
  • No livro, os pais do Kevin não se relacionam com homossexuais e são descritos até como homofóbicos. No filme, é exatamente o contrário.
  • No livro, Russel e Kevin jogam baseball, e no filme, futebol americano.
  • No livro, Brian Bund é gago. No filme, ele treme as mãos quando está nervoso.
  • No livro existe uma personagem a mais, a Belinda, que acabou ficando fora do filme. O diretor preferiu focar no Brian e só nele, fazendo suas partes e falas serem maiores.
  • No livro, o término entre Kevin e Russel é muito maior e mais difícil. Há muito conflito entre os dois e no fim Russel é quem decide ser "o bom garoto" e fazer a coisa certa. No filme, Kevin aceita tudo muito bem, não faz nenhum comentário homofóbico nem age de maneira violenta com Russ. Não há muita interação entre eles e Russel parece não sofrer nada pra deixá-lo.
  • A porta do Clube que aparece no filme é bastante parecida com a imagem da capa do livro, o que é muito legal.
  • E tanto no livro quanto no filme os pais do Russel não existem. No filme há menções sobre o pai dele, mas nada que justifique essa coisa bizarra.
Não há notícias sobre a possível adaptação dos outros livros da serie para o cinema. A The Russel Middlebrook Series contém quatro livros lançados e Brent disse que poderá haver um quinto livro, contando a história de Russel na faculdade. Não acredito que farão os filmes dos outros livros, mesmo porque Geography Club não foi lá muito bem aceito nem lucrativo - infelizmente.

Pra quem quiser comprar o livro, aqui vai o link (nas duas lojas, é só clicar):

Free Delivery on all Books at the Book Depository

2 comentários:

  1. O poster do filme dá uma enganada. Por um segundo pensei que fosse algum remake do clube dos cinco. Enfim, ótima critica, parabéns pelo site.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito, agora o que eu queria, era uma Série desse filme, ficou muitas coisas adesejar, agora si tiveasd uma serie com ele elenco seria muito massa. Por favor criem uma série

    ResponderExcluir