Top Ten Tuesday - 10 melhores livros que li em 2017

Esse é um meme literário iniciado pelo blog The Broke and The Bookish e que é postado, adivinhem, toda terça-feira!
Eu não fiz lista no meio do ano como costumo fazer porque simplesmente não tinha conseguido ler nem dez livros até julho hahaha (rindo de nervoso mesmo)! 2017 foi um ano complicado, mas no fim consegui um gás extras e terminei o ano com 28 leituras finalizadas, e umas 4 no meio do caminho, entre romances e contos (maioria).
Uma coisa que aconteceu foi que eu li muita coisa ruim, mas muita mesmo... Então vamos ver se consigo tirar os 10 melhores da lista? Lembrando que a ordem não é classificatória, ok?

1 - O Rei Corvo (The Raven King - Volume 4 da Saga dos Corvos)
Eu finalmente, e infelizmente, terminei a Saga dos Corvos e, sem sombra de dúvida, posso dizer que é a melhor leitura que fiz, e é a uma das sagas que mais amo, que tem os melhores personagens, a melhor escrita, tudo. Eu enrolei demais para ler porque não queria que acabasse, mesmo, e agora estou esperando ansiosamente a nova trilogia do melhor personagem de todos os tempos: Ronan fucking Lynch.

2 - Extraordinário (Wonder)
Essa leitura vou levar pra vida, sério. Comecei com o pé atrás por causa do hype, mas o livro, a história do Auggie é exatamente tudo e um pouco mais do que você vê comentando por aí. É uma leitura essencial pra todo mundo, independente da idade ou qualquer coisa. Com certeza será um dos livros que indico de olhos fechados pra todos.
Também assisti o filme e achei a adaptação muito fiel e linda! Os detalhes acrescentados e/ou omitidos deram à trama uma emoção a mais - e é impossível não chorar. Eu choro no trailer já.

3 - Condicional
Fiz resenha dele aqui, então vou me abster de entrar muito em detalhes. Só quero dizer que me surpreendi muito positivamente e eu sempre me pego pensando na trama! Saí da minha zona de conforto lendo esse livro e foi algo novo do começo ao fim.


4 - Quinze Dias
Também fiz questão de resenhá-lo e não seria diferente que ele aparecesse nas 10 melhores leituras do ano porque é uma história muito amorzinho e me tirou de uma ressaca literária ENORME. Depois de Quinze Dias foi que consegui retomar a fé na leitura, digamos.

5 - 31
Outro livro resenhado aqui, é uma quase que literal "viagem na ficção". Também foi uma surpresa muito positiva, me deixou muito feliz com a descoberta e a escrita completamente fora do padrão. É daquelas tramas que eu gostaria muito de ter escrito, mas que fico feliz de alguém ter pensado e feito antes!

6 - O livro das coisas que nunca aconteceram
Mais uma descoberta maravilhosa! Outra trama que tá sempre voltando à minha memória e que eu também resenhei em detalhes aqui. Mais um livro nacional da hoo que eu recomendo de olhos fechados! Fui sem muitas expectativas e acho que foi esse o ingrediente principal do meu encanto, porque a cada página eu ficava mais apaixonada pela história. Merece muito destaque sim!

7 - Todas as cores do Natal
A coletânea natalina da Página 7 foi a última leitura completa que fiz em 2017 e que resenhei aqui. Apesar de não ter gostado de alguns detalhes, vale entrar na lista pela necessidade do projeto e por todos os contos bons que há no livro, sim. Pra ver a resenha completa e saber o que achei de cada um, é só ler esse post aqui.

8 - Fãs do Impossível
Também resenhado aqui, é uma leitura bem leve e que me ajudou a sair do buraco da ressaca. De novo, o segredo é ir sem expectativas para se surpreender. Acho que esse é o lema, afinal, né? A resenha completa vocês podem conferir aqui.


9 - Os 27 Crushes de Molly (The Upside of Unrequited)
Eu li esse livro no original e fiz resenha aqui, não sei como está a tradução nacional nem nada, não posso opinar. Mas a história é muito muito boa e a eu adoro a escrita da Becky, então só posso imaginar que a Intrínseca tenha feito um bom trabalho para propagar esse trabalho da Becky, porque ele merece muito ser lido.
A resenha do título original vocês podem ler aqui.

10 - Apenas um Garoto (Openly Straight)
Por último também vem um livro que, apesar de bobinho, me surpreendeu positivamente pela mensagem transmitida de maneira poética, mas ao mesmo tempo clara demais para ser evitada. É daquele tipo de leitura que muita gente precisa, sabe? Pra abrir um pouco a cabeça e perceber que algumas coisas não são escolhas nossas.
A resenha completa eu fiz aqui, caso queira dar uma olhada. 



BONUS - pior leitura de 2017 infelizmente existiu mais de uma, e também infelizmente foram todos livros nacionais. Vou citar um deles, que foi "Não Tão Primos", e os motivos estão todos na resenha que fiz aqui, é só dar uma olhada nela.

Espero que em 2018 eu consiga ler mais e leituras de maior qualidade, por favor, porque estou muito desanimada com o que tô lendo :(

Nenhum comentário:

Postar um comentário